vitrine-s01e02Na siesta de hoje vamos contar pra você o o lugar que provou que o espeto nem sempre é de pau, vamos te ensinar que é só bater bater bater e a maionese fica pronta, e te dizer que café expresso é bom, mas no coador é mais forte, claro!

 

La Siesta e Portal Curva de Rio devidamente hospedados pela ServerWith.US!

 

Episódio com participação de:

Rafael Almeida

Felype Silva

Lucas Oliveira

Jaque Sousa

 

Nos siga no Instagram

Veja as merdas que o Mateus fala no twitter

Também tem o twitter da Thai

Nosso feed está aqui

Para mandar e-mail é só enviar pra lasiestapodcast@gmail.com

 

Abertura:
Voz de Julián Catino
At The Beginning por The Freak Fandango Orchestra está licenciada sob uma licença Creative Commons Attribution (http://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/)
Origem: http://freemusicarchive.org/music/The_Freak_Fandango_Orchestra/
Artista: http://freemusicarchive.org/music/The_Freak_Fandango_Orchestra/

Desce Uma Rodada:
Voz de Thiago Trabuco
Transparente de Los Sundayers está licenciada sob uma licença Creative Commons Attribution (http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/3.0/)
Artista: http://freemusicarchive.org/music/Los_Sundayers/

Um Tostão a Menos:
Voz de Wesley Zoppe
Una Moneda de Los Sundayers está licenciada sob uma licença Creative Commons Attribution (http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/3.0/)
Artista: http://freemusicarchive.org/music/Los_Sundayers/

Dossiê
Voz de Pensador Louco
Balkan Beats por The Freak Fandango Orchestra está licenciada sob uma licença Creative Commons Attribution (http://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/)
Origem: http://freemusicarchive.org/music/The_Freak_Fandango_Orchestra/
Artista: http://freemusicarchive.org/music/The_Freak_Fandango_Orchestra/

No Coador É Mais Forte:
Voz de Orelha Miguel
At Worlds End por The Freak Fandango Orchestra está licenciada sob uma licença Creative Commons Attribution (http://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/)
Origem: http://freemusicarchive.org/music/The_Freak_Fandango_Orchestra/
Artista: http://freemusicarchive.org/music/The_Freak_Fandango_Orchestra/

Gorjeta:
Voz de Sr A
No Means No por The Freak Fandango Orchestra está licenciada sob uma licença Creative Commons Attribution (http://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/)
Origem: http://freemusicarchive.org/music/The_Freak_Fandango_Orchestra/
Artista: http://freemusicarchive.org/music/The_Freak_Fandango_Orchestra/

Doce Batalha:
Voz de Leo Oliveira
Nevermore por The Freak Fandango Orchestra está licenciada sob uma licença Creative Commons Attribution (http://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/)
Origem: http://freemusicarchive.org/music/The_Freak_Fandango_Orchestra/
Artista: http://freemusicarchive.org/music/The_Freak_Fandango_Orchestra/

Comida Daqui:
Vozes de Olavo Montenegro, Natalia Schillreff, Petrús Davi e Diogo Bob
The Gypsy Song por The Freak Fandango Orchestra está licenciada sob uma licença Creative Commons Attribution (http://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/)
Origem: http://freemusicarchive.org/music/The_Freak_Fandango_Orchestra/
Artista: http://freemusicarchive.org/music/The_Freak_Fandango_Orchestra/

Passa a Régua:
Voz de Rafael Almeida
Hitmans Lovesong feat. Paola Graziano por The Freak Fandango Orchestra está licenciada sob uma licença Creative Commons Attribution (http://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/)
Origem: http://freemusicarchive.org/music/The_Freak_Fandango_Orchestra/
Artista: http://freemusicarchive.org/music/The_Freak_Fandango_Orchestra/

  • Obrigada pelo abraço meninos!
    Adorei o segundo episódio, hehe… Tive uma idéia inspirada no áudio da Fabi: porque não fazemos um programa inspirado nos 50 tons de peito de frango? Acho uma carne barata e versátil, usamos aqui em casa em diversas preparações!
    O quadro sobre café foi sensacional, aprendi mais um pouco, hehe! Tenho a Dolce Gusto e adaptador Multicap que permite usar as capsulas da Três Corações. Como moro em apartamento, não dá para instalar outra máquina. Ah, e prefiro café espresso!
    Abraços e parabéns pelo episódio!!!

  • Se um dia quiserem fazer um episódio sobre eletroportáteis que vale a pena ter ou não em casa, eu topo viu! ;) Adorooooo

  • As maquinas de Nespresso têm uma faixa de preço grande. Mas não são tão caras assim. Existem máquinas de menos de 300 fora temers. Também os valorrs das cápsulas “oficiais” vao de 2.7 a 3.5 reais. Depois que a patente das capscáps caiu, é possível comprar cápsulas alternativas como a l’or e existem cápsulas permanentes também. Mas, na boa, as da Nespresso são fora do comum. Eu tenho um preferido que é o Livanto.
    Mocha e Mokka são uma variedade de café (arábica) da cidade de Moca wue não lembro onde fica. E aí ficam esses nomes livres pra serem usados. A cafeteira italiana, aliás, é a minha preferida tbm. Além do sabor, o cheiro me leva à casa da minha avó quando eu era criança. Saudades…

  • Parabéns, apesar da participação do pessoal do Curva de Rio o episódio ficou perfeito, suculento e bem temperado.

    Gostaria de conhecer a hamburgueria da qual falaram, parece um daqueles lugares mágicos com os quais podemos apenas sonhas, onde o uísque é barato e os burgers nunca param de chegar. Já deixarei em meus trajetos obrigatórios a próxima vez que for a Curitiba.

    O lance da maionese caseira é outro ponto no qual indiscutivelmente concordamos. Maionese boa é maionese feita na marra, seja ela a simples (ovos, óleo, sal e vinagre) ou as mais chiques (com adição de cebolinha, páprica ou outras viadagens alimentares). Muito bom e barato de fazer.

    Sempre achei o lance do nespresso chicoso demais pro meu paladar ou bolso. Apesar de nunca haver provado tal iguaria, não me atiça a gula e prefiro continuar “menesprezando” as tais cápsulas e suas máquinas. Agora, de tudo o que falaram sobre café, fiquei ouvindo e dando risada (sem me sentir mal por gostar de capuccino e café com leite), e fiquei imaginando esta música do Noise Of Human Art no fundo.

    Abração e parabéns pelo ótimo episódio. 8)

  • Que maravilhosa ideia. Reunir reviews de lugares pra comer junto a receitas de gororobas e ainda dicas de economia na cozinha. Pure Gold.

    Sobre o episódio, espero um dia poder ir até Curitiba e visitar essa hamburgueria. Sou meio avesso a esses locais justamente por eles meterem a faca na hora de cobrar por um simples sanduiche. Porém, a sacada do rodizio com mini hamburguers faz toda diferença.

    Não sou fã de maionese, mas minha mulher certamente vai gostar da dica.

    Quando chegou na hora do café ficou um papo pra lá de técnico (imaginei um Louva Deus gigante com um monoculo dourado pinçando uma xicarazinha), mas deu pra entender algumas diferenças básicas entre um bom lugar pra degustar e outro que não vale sequer entrar.

    Abs!

Post Navigation